Conheça 4 animais peçonhentos para manter distância

Seja nas áreas rurais ou urbanas, os animais peçonhentos são os mais perigosos animais que podemos encontrar. No Brasil, são considerados peçonhentos os bichos que possuem veneno e os utilizam como dispositivo de defesa ou de caça.

A seguir, confira os 4 animais mais perigosos desta categoria para tomar cuidado caso encontre com eles:

Taturana ou Lagarta de Fogo

De nome cientifico Lonomia Obliqua, estas lagartas medem de 6 a 7 cm de comprimento e possuem coloração marrom-claro-esverdeada, com três listras longitudinais de cor castanho-escuro. Seu corpo é revestido de espinhos ramificados que contêm uma poderosa toxina com propriedades anticoagulantes.
Durante o dia permanecem agrupadas nos troncos de árvores, camufladas. O contato acidental de pessoas ou animais com seus espinhos pode gerar acidentes graves, causando dor e queimação seguida de vermelhidão, inchaço, calor, mal estar, cefaleia, náuseas e vômito.
Em alguns casos podem ocorrer manifestações hemorrágicas, entre 8 a 72 horas após o contato, sendo as mais comuns manchas escuras pelo corpo, sangramento pelo nariz, gengivas, urina e em ferimentos recentes. Os casos mais graves podem evoluir para insuficiência renal aguda e morte.

Taturana, lagarta de fogo
Taturana ou lagarta de fogo

Aranha Marrom

A coloração da  Loxosceles Spp. varia entre diversos tons de marrom, elas podem atingir até 4 cm de envergadura, são bem adaptadas aos ambientes urbanos, sendo encontradas com frequência em residências. Suas teias são irregulares, geralmente postas em cantos e frestas.
Este tipo de aranha é mais ativa durante a noite. Durante o dia buscam abrigo em locais protegidos e escuros. Elas não são agressivas e tendem a fugir quando incomodadas. Os casos de picadura de aranha marrom geralmente ocorrem quando elas são acidentalmente comprimidas contra a pele. Essa situação que pode acontecer ao vestir uma roupa ou calçado e até mesmo durante o sono, ao se virar sobre uma aranha na cama.
A picada é pouco dolorosa e muitas vezes pode passar despercebida. Após a picada da aranha, as alterações locais mais comuns são: dor local, queimação, vermelhidão, mancha roxa, inchaço, bolhas, coceira e intumescimento. Dias após a picada, podem ocorrer outras alterações como necrose local, dor de cabeça, mal-estar geral, náusea, dores pelo corpo e, em casos mais graves, insuficiência renal aguda, devido às propriedades hemolíticas do veneno.

Aranha marrom, Lexosceles Spp
Aranha marrom

Aranha armadeira

As aranhas desta espécie apresentam coloração marrom acinzentada e podem chegar a 15 cm de envergadura. Habitam ambientes com vegetação abundante, como áreas de mata, terrenos baldios e, eventualmente, jardins.
São solitárias e muito ativas a noite, abrigando-se durante o dia em locais protegidos e escuros. Sua alimentação é baseada em insetos como moscas, grilos, mosquitos, entre outros.

A Phoneutria Nigriventer, não cientifico, não faz teia e apresenta comportamento bastante agressivo quando acuada. Quando atacam, estas aranhas levantam os dois pares de pernas dianteiras e expõem suas quelíceras, apoiando-se nas traseiras, podendo saltar para atacar. Seu veneno possui ação neurotóxica e gera dor intensa, que se irradia por todo o membro ou região da picada. Sua picada é considerada perigosa, principalmente para crianças e idosos.

Aranha armadeira, Phoneutria Nigriventer
Aranha armadeira

Escorpião amarelo

São predadores extremamente bem adaptados aos ambientes urbanos, onde se alimentam de insetos, principalmente baratas de esgoto. O nome cientifico o escorpião amarelo é Tityus Serrulatus. Eles apresentam tronco escuro, patas, pedipalpos e cauda de coloração amarelada, sendo que o 4º segmento da cauda possui uma parte serrilhada.
Costumam se abrigar sob entulho, peças de concreto, pedras, tijolos, madeira, etc.
O escorpião amarelo se reproduz por partenogênese, ou seja, não é necessária a fecundação do óvulo por um macho. Esta característica, combinada com sua facilidade de adaptação a diferentes tipos de ambiente, favoreceu sua dispersão em áreas urbanas.
Sua picada é extremamente dolorosa e seu veneno possui ação neurotóxica. A picada pode ser letal, dependendo da quantidade de veneno injetada e das condições de saúde da vítima. O risco de acidentes fatais é maior com crianças, idosos e pessoas debilitadas.

Escorpião amarelo
Escorpião amarelo

Lembrar-se que em caso de acidente com animais peçonhentos, é indicado procurar o Serviço de Saúde imediatamente! Gostou das informações que preparamos sobre estes animais? Então comenta aí pra gente a sua dúvida e o próximo texto pode ser sobre o assunto que você sugeriu.

Deixe um Comentário

X
- Enter Your Location -
- or -